Ciência

Treze portugueses continuam na corrida para serem astronautas

No total, a nível europeu, foram 1361 os candidatos seleccionados das 22.523 candidaturas válidas.

Treze portugueses continuam na corrida para poderem a vir a ser astronautas da Agência Espacial Europeia (ESA), anunciou esta quinta-feira a Agência Espacial Portuguesa em comunicado. Dez homens e três mulheres passaram assim à segunda fase do processo de selecção para astronautas. Inicialmente, tinham sido 320 os portugueses candidatos.

“A 10 de Fevereiro, data da publicação destes dados, todos tinham já realizado os testes necessários para saber se vão seguir para os testes psicológicos da segunda fase do processo de selecção”, assinala-se no comunicado da Agência Espacial Portuguesa. O processo de selecção deverá ser concluído em Outubro.

No total, foram 1361 os candidatos seleccionados das 22.523 candidaturas válidas, ou seja, apenas 5,8% dos candidatos foram convidados para a segunda fase. Desses, até esta quinta-feira 1307 tinham realizado os testes desta segunda fase.

Os 13 portugueses agora escolhidos (4% do total inicial) representam 1% dos candidatos europeus ainda na corrida – 3,8% dos homens (10 de 260) e 5% das mulheres (3 de 61). “Com 13 portugueses ainda nesta corrida, podemos continuar a alimentar o sonho de ter o primeiro astronauta português, até porque este processo contempla duas linhas possíveis para se ser astronauta, o Astronauta de Carreira e o Astronauta de reserva”, diz Hugo Costa, director da Agência Espacial Portuguesa, citado no comunicado.

Os países com mais candidatos agora seleccionados foram França (250 homens e 154 mulheres, de um total inicial de 7087); Alemanha (99 homens; 95 mulheres; de um total inicial de 3695); Reino Unido (89 homens e 77 mulheres, dos 2000 iniciais); ou Espanha (39 homens e 28 mulheres, dos 1341 iniciais). Estes números com as nacionalidades dos candidatos agora escolhidos foram revelados esta quinta-feira pela ESA.

Esta é também a primeira vez que é aberta uma vaga a um astronauta com deficiência física. Para esta vaga concorreram 257 pessoas (quatro portugueses). Por agora, a ESA não revelou a nacionalidade dos 25 parastronautas escolhidos para a fase de testes.

No comunicado, a Agência Espacial Portuguesa relembra que este processo de selecção tem seis fases e que devem estar finalizadas entre Outubro e Novembro de 2022. Os testes da segunda fase devem acabar a 31 de Maio, “sendo um processo gradual, uma vez que a fase de testes da terceira etapa já arrancou no final de Janeiro”, esclarece-se. Depois, entre Maio e Junho, decorrem testes médicos e seguem-se as entrevistas em Setembro. “Nessa altura, o processo de selecção deverá estar reduzido a 50 candidatos, culminando no último trimestre de 2022 na escolha de até seis astronautas de carreira e 20 astronautas de reserva, que não fazendo parte dos quadros da ESA podem vir a ser seleccionados para projectos específicos”, indica o organismo português.

Fonte: Público

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker