Sociedade

PJ detém suspeito do homicídio da mulher encontrada morta em Beja

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 35 anos, por fortes indícios da prática do crime de homicídio qualificado da mulher, de 44 anos, encontrada morta na segunda-feira, na cidade de Beja, foi hoje divulgado.

Em comunicado, a Diretoria do Sul da PJ informou que, com o apoio da PSP, identificou e deteve o homem pela presumível autoria do crime de homicídio da sua companheira, ocorrido na manhã de segunda-feira.

Segundo a PJ, “foram recolhidos relevantes elementos indiciários que permitiram a detenção do suspeito”, que será presente a primeiro interrogatório judicial para eventual aplicação de medidas de coação.

Contactada pela Lusa, fonte da PJ indicou que o suspeito deverá ser submetido a interrogatório judicial ainda hoje no Tribunal de Beja.

O crime ocorreu no interior da residência da vítima e onde vivia com o suspeito, “com o qual mantinha uma relação análoga à dos cônjuges”, mas “conturbada”, com “frequentes roturas” e “pautada por episódios de violência doméstica”, referiu aquela polícia de investigação criminal.

De acordo com a PJ, na sequência da investigação desencadeada, foi possível apurar que a mulher “foi agredida com recurso a arma de fogo”.

Na segunda-feira, uma fonte policial tinha dito à Lusa que, após o alerta de um familiar, via 112, uma patrulha da PSP deslocou-se à casa e encontrou o cadáver da mulher com ferimentos alegadamente provocados por uma arma de fogo.

No entanto, a patrulha não encontrou qualquer arma de fogo na casa, o que levantou suspeitas de homicídio e, por isso, a PSP acionou e passou a investigação para a PJ, explicou a fonte.

O alerta para a ocorrência foi dado às 12:22 e para o local foram acionados uma ambulância e dois operacionais dos Bombeiros Voluntários de Beja, além de meios e elementos da PSP, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja.

Fonte: Agência Lusa

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker