Coruche

Coruche: GNR apreendeu 350 quilos de pinhas

A GNR apreendeu 350 quilos de pinhas de pinheiro manso, cinco escadas em ferro e identificou três homens, entre os 20 e os 28 anos, por transporte ilícito das pinhas da espécie, Pinus pinea (pinheiro manso) não documentadas, no concelho de Coruche.

Segundo a GNR, num patrulhamento da Operação “Campo Seguro”, os militares da Guarda detectaram e abordaram o veículo a circular na via pública que transportava ilicitamente das pinhas de pinheiro manso não documentadas.

Os três homens foram identificados e foi levantado um auto de contra-ordenação, cuja coima pode atingir os 3 500 euros.

Os factos foram comunicados ao Instituto de Conservação da Natureza Ambiente e Floresta (ICNF).

A GNR relembra que o pinheiro-manso (Pinus pinea) é “uma espécie florestal com um crescente interesse económico, cuja importância do comércio externo de pinha e de pinhão tem contribuído para a promoção de importantes dinâmicas económicas à escala regional, uma vez que o pinhão produzido em Portugal é de todos o mais valorizado pelas suas características nutricionais”.

“No entanto, a colheita de pinhas de pinheiro-manso é proibida entre 1 de Abril e 1 de Dezembro e, ainda que esteja caída no chão, a sua apanha está interditada por se encontrar em época de defeso, salvaguardando assim o crescimento e desenvolvimento da pinha e do pinhão e evitando a colheita da semente com deficiente faculdade germinativa e mal amadurecida”, conclui a mesma nota.

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker