PolíticaRibatejo

A distrital do PSD de Santarém deixou claro o seguinte: “Precisamos de um choque de políticas!”.

Jorge Salgado Simões, natural de Torres Novas, foi o representante da distrital do PSD de Santarém que apresentou uma proposta muito concisa ao 39.º Congresso dos sociais-democratas: "Precisamos de um choque para uma maior equidade, justiça e coesão territorial em Portugal".

Para a distrital do PSD de Santarém, vivemos num “país profundamente desigual.” “Consoante a região em que vivem, há portugueses com mais e menos oportunidades. E isto talvez seja um dos maiores falhanços deste período em que vivemos em democracia.”

Jorge Salgado Simões (Torres Novas) foi quem apresentou a moção da distrital do PSD no congresso em Santa Maria da Feira
Foto: José Peixe | DR

“À semelhança de grande parte dos territórios aqui hoje representados, o distrito de Santarém quase não tem investimento do orçamento de Estado, fomos desconsiderados no PRR, e ignorados no Plano Nacional de Investimentos. Custa muito ver projetos , como a conclusão do IC3, a nova ponte na Chamusca, a ligação da A1 ao IC9 em Fátima, a variante ferroviária de Santarém, ou ainda os problemas ambientais e de caudal do rio Tejo, entre outros, que são estratégicos para o todo nacional, mas descartáveis na hora de decidir”, disse o congressista social democrata, Jorge Salgado Simões.

A moção da distrital do PSD de Santarém, deixaram claro que existe um país metropolitano e um outro país, com diferenças crescentes em cada ano que passa: “Na demografia, no poder de compra, nos salários, na dinâmica económica e social, mas também nos resultados escolares ou no acesso ao ensino superior, na saúde, na disponibilidade de meios de socorro, no acesso ao digital ou até na cultura.”

“No distrito de Santarém acreditamos que o PSD vai ganhar as eleições do próximo dia 30 de janeiro. Estamos certos que Rui Rio vai ser o novo primeiro ministro de Portugal. Queremos que este caminho de maior coesão seja iniciado já, e que daqui a 10 anos possamos olhar para trás e dizer: fomos nós, PSD, que demos os passos certos para um Portugal com oportunidades e condições de vida mais equilibrados para todos”, sublinhou em Santa Maria da Feira, Jorge Salgado Simões.

José Peixe | Texto e Fotos – Editor do RibatejoNews

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker