Mundo

Magdalena Andersson é primeira-ministra da Súecia

A social-democrata Magdalena Andersson foi eleita nesta quarta-feira primeira-ministra da Suécia pelo Parlamento e será a primeira mulher a ocupar o posto de chefe de Governo do país nórdico, após vários dias de negociações.

Andersson era até agora ministra das Finanças do governo do primeiro-ministro Stefan Löfven, que renunciou depois de ser alvo de uma moção de censura em junho.

Magdalena Andersson recebeu 117 votos a favor, 57 optaram pela abstenção e 174 deputados votaram contra o seu nome.

Na Suécia, um candidato ao cargo de chefe de Governo não precisa do apoio da maioria no Parlamento para aprovação, apenas que a maioria (175) não vote contra o seu nome.

Pouco antes do anúncio da renúncia de Löfven, a líder centrista, Annie Lööf, tinha declarado que o seu partido não votaria contra Magdalena Andersson, após um acordo alcançado com social-democratas e ambientalistas.

Aos 54 anos, a economista — eleita para a direção do seu partido no início do mês — herda o posto a menos de um ano das complicadas eleições programadas para setembro de 2022.

Ministra das Finanças de Löfven nos últimos sete anos, esta ex-nadadora de alto nível define-se como uma “mulher simpática e trabalhadora”, que gosta de tomar decisões. Politicamente, no entanto, conquistou a reputação de firmeza e segurança, com um tom direto que contrasta com a moderação habitual da Suécia, destacam os analistas entrevistados pela AFP.

“Algumas pessoas dizem, inclusive, que têm medo dela, o que é bastante curioso vindo de professores de Economia, ou de cientistas políticos de elite”, afirma Anders Lindberg, analista político do jornal Aftonbladet, próximo aos social-democratas. O canal de televisão público SVT, por exemplo, já a apelidou de “bulldozer”.

Fonte: Agência Lusa

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker