Mundo

Von der Leyen insiste na eficácia das vacinas e dá exemplo de Portugal

A presidente da Comissão Europeia insistiu hoje na importância da vacinação para superar a pandemia da covid-19, exortou todos a “seguir a ciência”, que mostra a eficácia das vacinas, e deu o exemplo de Portugal para o demonstrar.

Num debate no Parlamento Europeu, em Estrasburgo (França), Ursula von der Leyen começou por sublinhar que “a pandemia está longe de ter chegado ao fim”, com “muitos Estados-membros a enfrentar uma nova vaga devido à variante Delta”, e focou a sua intervenção na necessidade de prosseguir a vacinação na União Europeia (UE), onde existem “enormes disparidades”, com a taxa de vacinação da população adulta a variar entre os 29% e os 92%.

“As vacinas protegem. Os dados mostram que a probabilidade de uma pessoa vacinada ficar gravemente doente, ter de ser hospitalizada ou morrer [de covid-19] é muito mais baixa. E podemos ver que na maioria dos países as camas de cuidados intensivos estão ocupadas por pessoas ou que não foram vacinadas ou apenas parcialmente. Por isso é muito clara a correlação”, disse.

A presidente do executivo comunitário destacou então que “em países como Portugal ou Espanha, por exemplo, nos quais 80% a 90% dos adultos foram vacinados, o risco de morrer de covid-19 durante as primeiras duas semanas de novembro era 30 vezes menor do que nos países com as mais baixas taxas de vacinação”.

“Olhando para a taxa de mortalidade e hospitalizações, damo-nos conta de que assistimos hoje a uma pandemia dos não vacinados. Por isso continua a ser uma prioridade chave prosseguir a vacinação”, comentou Von der Leyen, que lamentou as “enormes disparidades na UE”, onde “nalguns Estados-membros apenas 29% dos adultos foram vacinados, enquanto noutros 92% dos adultos receberam a vacina”.

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker