Ambiente

Proteção Ambiental detecta corte de sobreiros sem autorização em Torres Vedras

A infracção é punível com coima até 150 mil euros.

O Comando Territorial de Lisboa verificou no decorrer de diligências policiais que foram cortados sem autorização sobreiros adultos em Torres Vedras na quarta-feira, uma infracção punível com coima até 150.000 euros.

Num comunicado, o Comando precisa que, no dia 23 de Junho, durante uma acção de patrulhamento elementos do Núcleo de Protecção Ambiental (NPA) de Torres Vedras detectaram que estavam a ser arrancados vários sobreiros com maquinaria agrícola industrial no concelho de Torres Vedras.

“No decorrer das diligências policiais, apurou-se que tinham sido cortados sobreiros adultos, tendo sido elaborado um auto de contra-ordenação por falta de autorização, uma infracção punível com coima até 150 mil euros” e “foi ainda identificado um homem de 40 anos”, adianta o comunicado.

O Comando sublinha no comunicado que “o corte ou arranque das espécies de azinheira e sobreiro em povoamento ou isolados carece de autorização prévia, uma vez que estas espécies incluem alguns dos biótipos mais importantes ocorrentes em Portugal continental em termos de conservação da natureza”.

Estes biótipos desempenham assim uma importante função na conservação do solo, na regularização do ciclo hidrológico e na qualidade da água e têm ainda um elevado interesse económico a nível local, desempenhando um papel fundamental na produção animal, nomeadamente destinada a produtos tradicionais, sublinha ainda o comunicado do Comando Territorial de Lisboa.

Fonte: Público

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker