Cultura

Óscar meio cheio e meio vazio: Chloé Zhao histórica na noite em que as estrelas não aqueceram Hollywood

Nomadland – Sobreviver na América é o filme do ano e faz história com a sua realizadora. Várias estreias e uma promessa de diversidade semicumprida, com prémios para Daniel Kaluuya, Youn Yuh-jung, Frances McDormand e Anthony Hopkins – e não Chadwick Boseman – marcaram os 93.ºs Óscares.

Um Óscar meio cheio e meio vazio. Nomadland – Sobreviver na América é o filme do ano e a sua autora, Chloé Zhao, tornou-se a primeira chinesa e mulher não-caucasiana a receber o prémio de Melhor Realização – e apenas a segunda realizadora com o prestigiado Óscar nos 93 anos de história dos galardões.

Fonte: Público

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker