Actualidade

António Costa: “Temos de cortar completamente celebrações do Ano Novo”.

Recolher obrigatório a partir das 23h de 31 de Dezembro e a partir das 13h no dia 1, 2 e 3 de Janeiro. Horários da restauração também foram sujeitos a limitações nestes dias. Apesar de não anunciar mais restrições para o Natal, António Costa apelou às famílias que se reorganizem de forma a minimizar os contágios.

Mantêm-se as medidas no Natal, apertam as regras no Ano Novo. António Costa anunciou esta quinta-feira que irá apertar com as regras em relação ao Ano Novo para evitar que “o risco acrescido que inevitavelmente os encontros de Natal constituirão se multipliquem num crescimento exponencial no início do ano”.

A decisão foi tomada em Conselho de Ministros, esta tarde, e reduzirá a liberdade de circulação entre concelhos a partir das 23 horas de 31 de Dezembro e a partir das 13 horas nos dias 1, 2 e 3 de Janeiro. O recuo do Governo será para todos os concelhos do país, sem distinção entre os vários níveis de risco dos municípios. “Esta medida só é eficaz se for igual em todo o país”, justificou.

O primeiro-ministro falou ao país isolado depois de ter estado em contacto com o Presidente francês, que esta quinta-feira anunciou estar infectado com covid-19. António Costa vincou que os festejos de Natal têm de acontecer “com o máximo cuidado”, estando à mesa “o mínimo de tempo possível”, passando o resto do tempo de máscara. “Cada um de nós é um risco e o risco é tanto maior, quantos mais formos”, sublinhou.

Numa curta comunicação ao país, o primeiro-ministro justifica que será dada prioridade à celebração do Natal, mas que as restrições do Ano Novo serão “necessárias”.

“Temos de cortar completamente as celebrações do Ano Novo”, afirmou. Apesar de não anunciar mais restrições para o Natal, António Costa apelou às famílias que se reorganizem de forma a minimizar os contágios.

Para o Ano Novo ficou assim definido:

  • Proibição de circulação na via pública a partir das 23h de 31 de Dezembro, e nos dias 1, 2 e 3 de Janeiro a partir das 13h;
  • Mantém-se a proibição de circulação entre concelhos entre as 00h do 31 de Dezembro de 2020 e as 5h do dia 4 de Janeiro de 2021, salvo por motivos de saúde, de urgência imperiosa ou outros especificamente previstos;
  • Revisão dos horários de funcionamento dos restaurantes, em todo o território continental, estabelecendo-se que, no dia 31 de Dezembro, o funcionamento é permitido até às 22h30; e nos dias 1, 2 e 3 de Janeiro até às 13h, excepto para entregas ao domicílio.
Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker