Salvaterra de MagosSaúde

“Estes comunicados da Protecção Civil só podem ser a gozar com as pessoas!”

Sobre as informações postadas pelo presidente Hélder Manuel Esménio, o funcionário camarário que se disponibilizou a falar connosco, apenas quis sublinhar o seguinte: "Estes comunicados da Protecção Civil só podem ser a gozar com as pessoas!". E ficou-se por aqui.

Esta manhã um funcionário da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos que solicitou o anonimato, fez questão de nos alertar para o seguinte:

– “Por acaso as pessoas e os jornalistas já foram ao site oficial da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos para ver as informações que existem sobre a pandemia da Covid-19? Não existe lá nada. A última informação que lá está e cuja fonte oficial é o Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém (CDOS) e é do dia 10 de Julho. A partir daí o senhor presidente da Câmara e o responsável máximo pela Protecção Civil do concelho de Salvaterra, passou a publicar as informações da pandemia na sua página pessoal do Facebook. Mas é preciso sublinhar que nem todos os munícipes têm acesso à página pessoal do senhor presidente. E muitos outros foram eliminados!”, esclareceu ao RibatejoNews o funcionário da câmara.

E no decorrer da conversa ainda nos disse o seguinte: “Existem alguns protegidos do senhor presidente que trabalham na área do empreendedorismo que só vêm à Câmara quando lhes apetece. Estavam acostumados a organizar festas de romba, feiras, romarias e outras actividades mediáticas mas a Covid-19 cortou-lhes o pio. O mediatismo deles esfumou-se e agora optaram por ficar em casa sem lhes acontecer nada.”

“Tivemos aqui uma funcionária especializada em Protecção Civil mas que foi obrigada a sair, pois não aguentou as ‘pressões’ do presidente da Câmara. É uma pena que a tenhamos perdido!”, desabafou o funcionário da autarquia salvaterrense com quem falamos esta manhã.

Medo de falar com os jornalistas

No Centro de Saúde de Salvaterra de Magos e à semelhança do que se passa na Câmara Municipal, na Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Salvaterra e nas Juntas de Freguesia, as pessoas têm medo de dar a cara quando prestam esclarecimentos aos jornalistas.

Ao início da tarde quisemos saber se a Delegada de Saúde de Salvaterra, Dra. Elena Nikolaevna Talantova, costuma ser ouvida pelo responsável da Protecção Civil de Salvaterra antes de ele publicar os dados da pandemia do concelho e a resposta da nossa fonte no Centro de Saúde de Salvaterra foi bastante elucidativa: “Quem põe e dispõe, manda e desmanda aqui no Centro de Saúde de Salvaterra é uma senhora que nem sequer médica é. É uma técnica superior de Saúde Ambiental e que por acaso é muito amiga do senhor presidente da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos.”

“Em Salvaterra de Magos não existe uma coordenação entre a Delegada de Saúde e o responsável máximo pela Protecção Civil do concelho. Basta acompanhar os comunicados que o senhor Eng.º Hélder Manuel Esménio publica na sua página pessoal do Facebook, para ficarmos inteirados da falta de organização que existe. Veja-se como funciona a Protecção Civil no concelho de Benavente!”, referiu a nossa fonte no Centro de Saúde.

O presidente da Câmara Municipal de Salvaterra, Hélder Manuel Esménio, tem vindo a ser criticado nas redes sociais pela forma como tem comunicado a actualidade da Covid-19 no concelho
Foto: JP/D.R

A desorganização da Protecção Civil

Sobre as informações postadas pelo presidente Hélder Manuel Esménio, o funcionário camarário que se disponibilizou a falar connosco, apenas quis sublinhar o seguinte: “Estes comunicados da Protecção Civil só podem ser a gozar com as pessoas!”. E ficou-se por aqui.

A provar isso mesmo decidimos transcrever na íntegra o comunicado que foi publicado ao final do dia e que é da responsabilidade de Hélder Manuel Esménio:

Concelho de Salvaterra de Magos – ponto da situação Covid-19.
– “Porque têm sido muitas as dúvidas sobre a higienização e desinfeção de espaços escolares impõe-se esclareça:
. Os Agrupamentos de Escolas (e a Escola Profissional) têm um Plano de Contingência aprovado pelo Ministério da Educação e a DGS.
. Os Agrupamentos têm assistentes operacionais a que a Câmara junta outros colaboradores que no dia-a-dia asseguram a limpeza e desinfeção das escolas de acordo com aquele Plano de Contingência e, julgo, tem sido esse cuidado diário que até hoje tem evitado a propagação da doença no seio das escolas, bem como quando surge um caso isolado o facto de a Saúde colocar toda a turma em vigilância em casa.
. Nos Centros Escolares, porque de maior dimensão, e face à escassez de recursos humanos dos Agrupamentos, escolheu a Câmara Municipal – para ajudar – contratar uma empresa para no final de cada dia de aulas, todos os dias, reforçar a desinfeção que é feita nos Centros Escolares de Marinhais e de Salvaterra de Magos e agora também no dos Foros de Salvaterra com a colocação em vigilância de alguns colaboradores que ali prestavam serviço.
. Agendámos, ainda, para o próximo sábado, dia 7 de Novembro, a desinfeção de TODOS os espaços escolares, envolvendo nisso dez equipas de Proteção Civil a que se juntam os Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos.
– No Grupo Desportivo de Marinhais ocorreu um surto que envolve 4 dirigentes, 3 atletas (filhos de dirigentes) e 2 treinadores (ambos residentes em concelhos próximos), surto que se pensa tenha tido início no (único) surto laboral que até ao momento aconteceu na freguesia. Há, entretanto, contágios familiares que fizeram elevar o número de casos de hoje. Logo no início – e até percebermos a dimensão do problema – a Direção do GDM interrompeu os treinos e a Câmara Municipal pediu para que fossem feitos testes a todos os treinadores do Clube, assumindo a autarquia o pagamento destes. Em face dos resultados obtidos a Saúde determinou que fossem colocados em vigilância e fossem testados os escalões A e B dos infantis e iniciados e também o escalão sénior, pois foram estes onde surgiram casos ou dos referidos atletas ou de treinadores. Foi ainda decidido que os treinadores voltariam a ser todos testados e que uma turma da EB 2,3 de Marinhais seria também mantida em vigilância em casa, pois uma das crianças que sofreu contágio familiar, ali estudava. Ainda na sequência deste surto o Município decidiu encerrar esta 6ª feira e no fim-de-semana o Complexo Desportivo Municipal de Marinhais para higienizar e desinfectar.
– 5/11/2020 – Temos 69 casos confirmados activos (pessoas doentes, mais 10 que ontem) e 145 concidadãos em vigilância activa. Continuamos a ter 60 pessoas curadas.
Com o crescimento de casos um pouco por todo o lado proteja-se ainda mais e não esqueça nunca as Normas da DGS, como o uso de máscara, o distanciamento físico e a higienização das mãos.”
Mostrar mais

Related Articles

Comentários

  1. É mentira a turma de 4° ano onde houve um caso positivo foi enviada para escola já depois de se saber do caso positivo após insistência dos pais de Marinhais e já no decorrer das aulas foi pedido aos pais para irem buscar as crianças à escola isto no centro escolar de Marinhais. A desinfecção da escola aconteceu porque os pais juntaram-se e pressionaram mais uma vez . A auxiliar do J. I. que testou positivo costuma receber as crianças todas à porta da escola duas vezes por semana e o J.i. não fechou apenas uma turma é uma vergonha

  2. É mentira a turma de 4° ano não ficou em isolamento depois de na quarta-feira um aluno ter testado positivo a turma foi enviada para a escola na quinta e só depois de muita insistência dos pais junto a alguém do centro de saúde encarregue pelas decisões é que começam a telefonar para os pais para irem buscar as crianças à escola no J.I. a funcionária que testou positivo recebe todas as crianças à porta duas vezes por semana e o J.I. só encerrou uma turma a desinfecção só vai ser feita porque os pais mais uma vez se uniram e fizeram pressão junto aos sr. Presidente que até foi mal educado como seu costume.

  3. Seria sensato antes de escreverem o motivo da saída da técnica de PC o validassem com a mesma. O diz que disse é sempre especulação, não verdadeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close