SaúdeSociedade

Autarquias querem financiar administração da vacina da gripe nas farmácias

São três, mas querem ser muitos mais. A Associação Nacional de Farmácias revelou que há cada vez mais municípios à procura de assinar protocolos que permitam a vacinação da população contra a gripe nas farmácias, sem custos, e nas mesmas condições com que o poderiam fazer no centro de saúde. Contribuição das autarquias será de 2,5 euros por administração e ajudará a imunizar 150 mil utentes.

São já três os municípios que assumiram protocolos para tornar gratuita a administração da vacina contra a gripe aos utentes de risco que o desejem fazer nas farmácias, sem custos, e nas mesmas condições com que o poderiam fazer nos centros de saúde, mas a Associação Nacional de Farmácias (ANF), garante ao Jornal de Notícias que “há dezenas de municípios” em vias de assinarem protocolos semelhantes.

Por cada imunização, as autarquias vão pagar 2,5 euros, o que permitirá que a vacina chegue totalmente gratuita nas farmácias a 150 mil pessoas. A contribuição “solidária” não chega para as farmácias cobrirem as despesas com as instalações, mas a ANF entende ser “um contributo responsável da rede de farmácias para vencer a covid-19”.

O objetivo é evitar a sobrelotação dos centros de saúde por estes grupos de risco, ao mesmo tempo que se alarga a oferta em termos de mobilidade, no que toca às soluções disponíveis para se recorrer à vacinação. Esta iniciativa acontece depois de um projeto-piloto ter decorrido nos últimos anos em Loures, baseado na vacinação contra a gripe nas farmácias, sem custos, ter levado a um aumento de 33% de imunização da população.

Fonte: MadreMedia

 

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close