Economia

Clientes no mercado livre de eletricidade aumentam 2,3% em agosto para 5,3 milhões

O número de clientes no mercado livre de eletricidade aumentaram 2,3% em agosto. A EDP Comercial manteve a sua posição como líder em quota de mercado "em número de clientes e em consumo".

O mercado livre de eletricidade cresceu em agosto 2,3%, para 5,3 milhões de clientes, face ao período homólogo, tendo aumentado 0,2% em relação ao mês anterior, adiantou esta quinta-feira a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE). O regulador destacou ainda “a entrada de um novo comercializador — a Capwatt — o que aumenta para 34 o número de comercializadores ativos no mercado liberalizado“, lê-se no documento.

Assim, “permanecem no mercado regulado, a ser abastecidos pelo comercializador de último recurso, cerca de 1 milhão de clientes de um universo de 6,3 milhões”, calcula a ERSE.

Paralelamente, no que diz respeito ao consumo, no mesmo período “registou-se um aumento de 22 GWh [gigawatts/hora] relativamente ao mês anterior, atingindo os 42.018 GWh, o que representa um acréscimo de 0,1% face ao mês anterior e um decréscimo de 2,5% face ao homólogo”, adiantou a ERSE.

A EDP Comercial manteve a sua posição como líder em quota de mercado “em número de clientes (77%) e em consumo (41%)”, referiu a entidade.

O regulador divulgou ainda um boletim com um balanço sobre o mercado livre do gás natural, que “alcançou um número acumulado de cerca de 1,3 milhões de clientes em agosto de 2020, com um crescimento líquido de cerca de 2,9 mil clientes face a julho de 2020, o que representa um crescimento de aproximadamente 2,4% face ao homólogo”, referiu a ERSE.

No final de agosto mantinham-se cerca de 253 mil clientes no mercado regulado de acordo com os mesmos dados.

Também no mercado liberalizado do gás existe um novo comercializador — a Ezurimbol — “que já atuava no setor elétrico e passou também a fornecer gás natural. No total existem já 19 comercializadores em mercado livre”, indicou a ERSE.

No caso do gás, o consumo caiu 239 GWh face a julho, “atingindo 40.700 GWh, o que representa um decréscimo de 0,6% relativamente ao mês anterior e de 3,9% face ao mês homólogo”.

No que diz respeito a quotas de mercado, “a Galp manteve a sua posição como principal operador no mercado livre em consumo (60%), enquanto a EDP Comercial manteve a sua posição de liderança em número de clientes (52%)”, adiantou a ERSE.

Fonte: Observador

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close