Santarém

A livraria mais bonita está em Santarém

Rita França Ferreira escreve um longo artigo sobre a cidade de Santarém. "É para cima que me diziam para olhar para conhecer Santarém". Visita guiada à capital do gótico e à cidade onde se encontra a livraria mais bonita de Portugal. É para ler até ao fim.

É protagonista em vários períodos da história de Portugal, desde os romanos ao 25 de Abril, desvendando o passado em cada pedra, canto, postigo ou beiral e é também pela história contada aos mais novos que Santarém acolhe a livraria preferida de Portugal.

Se hoje lermos a obra mais importante do romantismo português «Viagens na minha terra» de Almeida Garrett, escrita no século XIX, vislumbramos a personalidade única da cidade de Santarém, que mantém as marcas de um passado imponente num presente que procura essa identidade. Vítor Barreto, coordenador pedagógico da Universidade da Terceira Idade de Santarém confirma a atualidade do retrato de Garrett e acrescenta a contradição vivida pela cidade das sete colinas, «vive à custa da sua história, contudo expõe a decadência e pouca preservação desse património».

A livraria Aqui Há Gato, situada junto à Igreja de São Nicolau, no centro histórico de Santarém, foi eleita a “Livraria Preferida” dos portugueses
Foto: D.R

Santarém viveu períodos áureos, afirmando-se como uma marca importante na história da reconquista cristã em 1147. Situada num planalto, foi assumindo o seu valor estratégico de defesa militar fortificado por muralhas. O papel de relevo é evidente na I Dinastia, tendo sido aqui assinado o Tratado que estabelece a paz entre o Rei de Castela e D. Fernando I. O monarca, um amigo da terra, ficou conhecido como o rei protector de Santarém e após a sua morte, foi sepultado no Convento de São Francisco, ao lado da sua mãe, a Infanta D. Constança.

Fonte: Sapo 24 Notícias

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close