Salvaterra de Magos

O condutor detido pela GNR na rotunda da Glória do Ribatejo tinha 15 anos de prisão para cumprir

O homem que tentou fugir às autoridades na segunda feira passada em Marinhais e que foi detido na rotunda à entrada da Glória do Ribatejo, tinha 15 anos de prisão para cumprir por cumprir e outros crimes que cometeu. O homicida que não é natural da Glória do Ribatejo mas que vivia aqui com outros amigos, foi entregue ao Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL), onde irá cumprir a pena a que foi condenado.

O homem de 34 anos que foi detido na segunda-feira, cerca das 13h00, na Glória do Ribatejo, já deu entrada na prisão em Lisboa para cumprir os 15 anos de reclusão a que estava condenado por homicídio e detecção de arma proibida.
O indivíduo foi mandado parar pela Guarda Nacional Republicana (GNR) em Marinhais e apresentou uma carta de condução falsificada. Confrontado com a situação, arrancou a alta velocidade e tentou atropelar um guarda.
A GNR montou uma “caça ao homem” e perseguiu a viatura que se despistou na entrada da Glória do Ribatejo em alta velocidade. O condutor ficou ferido mas tentou fugir, sendo capturado dentro de uma manilha, próximo do parque desportivo e lazer do Montoia, no lado oposto ao despiste.
Feita a busca ao carro, a GNR em colaboração com quatro agentes do Núcleo de Investigação Criminal (NIC), apreendeu 900 euros em dinheiro, dois cartões de crédito e dois relógios.
O indivíduo está no Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL) e deverá ver as suas penas agravadas pelos crimes que praticou.
A população de Glória do Ribatejo não se conforma que a Segurança Social continue a alugar casas para alojar criminosos ou delinquentes que desestabilizam o ambiente pacífico que existe na vila da charneca ribatejana.
José Peixe – Jornalista | Editor do “RibatejoNews”
Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close