ActualidadeSaúde

Coronavírus: estaremos preparados para uma segunda vaga no Outono?

Iremos assistir a uma segunda onda da pandemia? Dispomos ainda de cerca de dois meses para nos prepararmos. Manuel Carmo Gomes, professor de Epidemiologia da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, faz o ponto da situação e reflecte sobre estratégias a adoptar para os próximos meses. Um ensaio feito exclusivamente pelo jornal Público.

Entrar no Outono sem perspectiva de vacina ou de tratamento eficaz para a covid-19 é presentemente a maior preocupação das autoridades de saúde em Portugal e em todo o hemisfério Norte.

Iremos assistir a um forte ressurgimento da epidemia, a dita segunda onda?

É a pergunta a que ninguém consegue responder com segurança, porque ainda persistem muitas interrogações sobre a nossa interacção com o vírus.

Contudo é inegável que nós aprendemos bastante nos últimos seis meses e o que aprendemos ajuda-nos a identificar os factores que vão ser decisivos para o pós-Verão. Dispomos ainda de cerca de dois meses para nos prepararmos. Vale a pena fazer o ponto da situação e reflectir sobre o que será mais importante para as futuras formas de actuação.

Três grupos de factores irão determinar se haverá ressurgimento da doença no Outono-Inverno. O primeiro grupo tem a ver com o nosso comportamento e com as formas de transmissão do vírus. O segundo, com o grau de imunidade adquirido pela população, particularmente a protecção adquirida pelas pessoas que já foram infectadas e a sua possível reinfecção. O terceiro, com a efectividade da intervenção das autoridades de saúde em contexto de ressurgimento da epidemia.

As duas primeiras vertentes serão aqui abordadas recorrendo aos conhecimentos científicos adquiridos nos últimos meses. A terceira vertente será abordada com uma perspectiva mais pessoal, inteiramente discutível e aberta a escrutínio.

Um ensaio sobre um surto pandémica que está a deixar o mundo paralisado e a população global em pânico. Para se ler até ao fim.

Fonte: Jornal “Público”

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close