Actualidade

Onda de calor deixa país em alerta vermelho para fogos

Catorze concelhos de seis distritos em risco máximo de incêndio. Instituto Português do Mar e da Atmosfera alerta para onda de calor ao longo da semana. Noites vão ser tropicais e as temperaturas máximas irão subir até aos 40 graus no interior do país.

Catorze concelhos dos distritos de Faro, Castelo Branco, Portalegre, Santarém, Guarda e Bragança apresentam este domingo um risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). Em risco muito elevado e elevado estão também vários outros concelhos do território continental.

Devido às temperaturas elevadas esperadas nos próximos dias, o risco de incêndio máximo e muito elevado vai manter-se pelo menos até quinta-feira em vários distritos.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo. Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Por causa do tempo quente, o IPMA colocou sob aviso amarelo 13 distritos de Portugal continental e a ilha da Madeira. No caso dos distritos de Braga, Vila Real, Bragança, Guarda, Castelo Branco, Coimbra, Leiria, Santarém, Portalegre, Lisboa, Setúbal, Évora e Beja, o aviso amarelo vai manter-se para já até às 17h de segunda-feira, também devido à persistência de valores elevados da temperatura máxima.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas actividades dependentes da situação meteorológica, sendo que neste domingo as temperaturas poderão chegar aos 38 graus em Évora e Santarém. Mas o IPMA alerta que as temperaturas vão manter-se elevadas ao longo de toda a semana, por causa de um anticiclone localizado a Nordeste dos Açores, que se estende em crista até ao Golfo da Biscaia, em conjunto com um vale depressionário desde o norte de África até à Península Ibérica, que origina o transporte de uma massa de ar quente do Norte de África.

Assim, depois de uma descida temporária da temperatura neste domingo, e que se prevê menos significativa em Trás-os-Montes e Vale do Tejo, verificar-se-á uma nova subida gradual a partir de amanhã e pelo menos até 17 de Julho.

Ao longo desta semana, a temperatura máxima deverá variar entre 30 e 35°C no litoral e entre 35 a 40°C nas regiões do interior. Também a temperatura mínima apresenta tendência para uma subida gradual, com valores que deverão ser superiores a 20°C em grande parte do território continental, em especial no interior e no sotavento algarvio, e que são classificadas como noites tropicais.

Os valores de temperatura estão acima do habitual para a época do ano e esta persistência poderá levar a uma situação de onda de calor em diversos locais do país, em especial no interior.

Fontes: Público

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close