Actualidade

Portugal com maior subida de casos desde 8 de Maio e 86% das novas infecções em Lisboa

Região de Lisboa e Vale do Tejo registou cerca de 86% das infecções detectadas nas últimas 24 horas. Encontram-se internadas 458 pessoas, das quais 75 nos cuidados intensivos. Há 13.016 casos activos em Portugal.

Portugal registou este domingo mais três mortes por covid-19, um aumento de 0,2%, somando-se um total de 1564 vítimas mortais no país desde o início do surto. E há mais 457 pessoas infectadas nas últimas 24 horas, o que corresponde a uma taxa de crescimento de 1,1% e que eleva para 41.646 o número total de casos confirmados. Este foi o maior aumento diário de casos desde 8 de Maio, dia em que se registaram mais 553 casos de infecção pelo novo coronavírus em Portugal.

O relatório de situação divulgado este domingo pela Direcção-Geral da Saúde (DGS) dá conta de 391 novos casos na região de Lisboa e Vale do Tejo — cerca de 86% das infecções detectadas nas últimas 24 horas.

O número total de pessoas recuperadas subiu para 27.066, com mais 202 desde sábado. Excluindo estes casos e os óbitos, há 13.016 casos activos em Portugal.

Encontram-se internadas 458 pessoas (mais 16 do que no dia anterior), das quais 75 estão nos cuidados intensivos (mais cinco do que no sábado).

Duas das três mortes registadas nas últimas 24 horas foram identificadas na região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) e uma no Alentejo. As vítimas mortais são um homem entre os 70 e os 79 anos e duas mulheres com mais de 80 anos. A taxa de letalidade global da doença é agora de 3,8% e sobe para 13,7% acima dos 70 anos, a faixa etária que concentra cerca de 86% das mortes registadas.

Lisboa e Vale do Tejo soma agora um total de 18.752 casos e 465 mortes desde o início do surto.

A região Norte, a segunda com maior número de casos acumulados, contabiliza 17.476 casos e 816 mortes, tendo sido detectadas 31 infecções nas últimas 24 horas.

O boletim deste domingo indica também que foram identificadas quatro novas infecções no Alentejo, elevando o total para 471 casos. A região registou, nas últimas duas semanas, mais 189 casos — o que corresponde a 40% do total de pessoas infectadas. Até 14 de Junho, tinham sido detectados 282 casos no Alentejo.

Ficou este domingo a saber-se que “todos” os clientes do Parque de Campismo da Galé, em Grândola, tiveram resultado negativo nos testes de rastreio à covid-19, mas há nove pessoas residentes neste concelho alentejano infectadas. Ismael Selemane, da autoridade de Saúde local, disse à agência lusa que, desses nove, “três são funcionários” do parque e “seis são jovens do concelho”.

“Fizemos o rastreio na sexta-feira” e a conclusão é que “não há nenhum positivo entre utentes e clientes do parque”, pelo que, quem quiser, já pode sair das instalações.

Em relação aos casos ligados ao lar de Reguengos de Monsaraz, em Évora, a Câmara Municipal revelou este domingo que há agora 11 doentes internados no hospital de Évora, um deles nos cuidados intensivos. Deste surto, já resultaram três óbitos, a última delas uma mulher de 82 anos que morreu este sábado. A região do Alentejo contabiliza cinco mortes desde o início do surto.

Foram ainda detectados mais 14 casos na região Centro e 17 no Algarve. Os arquipélagos não têm registo de novas infecções, com os Açores a registarem 149 casos e 15 mortes por covid-19 e a Madeira com 92 casos e nenhuma morte.

Lisboa é o concelho com mais casos identificados desde o início do surto, com 3423 infecções. Nas últimas 24 horas, o concelho da capital registou mais 76 casos. Segue-se Sintra, com 2564 casos, mais 65 do que no sábado.

Loures tem actualmente 1791 casos, mais 35 do que no sábado. Segue-se a Amadora, com 1645 infecções (mais 44 do que no dia anterior), Vila Nova de Gaia, com 1640 casos, o Porto, com 1414 (um número que não se altera desde 6 de Junho), Matosinhos, com 1292 casos, Braga, com 1256 infecções, Gondomar, com 1093 pessoas infectadas, e Odivelas, com 1084 casos confirmados.

No sábado, Portugal registou mais seis mortes por covid-19, 323 novos casos de infecção pelo vírus SARS-CoV-2 e 231 recuperados, para um total de 1561 óbitos e 26.864 recuperações em 41.189 casos desde o início do surto, contabilizando ainda 12.784 casos activos.

Este domingo, o mundo ultrapassou os dez milhões de casos confirmados de covid-19, uma figura que representa cerca de 0,1% da população mundial. Quase 500 mil doentes morreram e mais de cinco milhões de pessoas já recuperaram.

Fonte: Público

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close