Economia

Restauração é o sector com mais financiamento aprovado na área do turismo

Foram aprovadas 2031 operações de 1887 empresas ligadas ao turismo e restauração no âmbito da Linha de Crédito de Apoio à Actividade Económica - Covid-19, representando um financiamento de 295 milhões com 248 milhões de garantias do Estado.

O sector da restauração e similares é, entre as áreas ligadas ao turismo, o que tem mais pedidos de financiamento já aprovados ao abrigo das linhas de apoio de emergência criadas pelo Governo devido à crise provocada pela covid-19.

De acordo com os dados fornecidos ao PÚBLICO pelo Ministério da Economia, até à passada segunda-feira havia 1346 operações aprovadas, ligadas a 1268 empresas, para um financiamento de 136 milhões de euros e com garantias públicas de 115 milhões.

Sendo um negócio muito familiar e fragmentado, não é de espantar que, destas 1268 (responsáveis por perto de 29 mil postos e trabalho), 93% sejam micro e pequenas empresas. Tendo em conta os 600 milhões de euros disponíveis para este sector ao abrigo da Linha de Crédito de Apoio à Actividade Económica – Covid-19, verifica-se que já estão usadas 19% das verbas disponibilizadas pelo Estado.

Segue-se depois um outro vector apoiado por esta linha de crédito, classificado apenas de “apoio a empresas do turismo”, onde se incluem as de alojamento. É a que recebeu mais verbas, no valor de 900 milhões de euros, mas ainda só utilizou 10% das garantias disponíveis. Até ao dia 20 tinham sido aprovadas 377 operações de 345 empresas, implicando um financiamento de 107 milhões e garantias de 89 milhões.

Há, depois, o terceiro segmento do turismo apoiado de forma específica por esta linha de crédito, ligado às agências de viagens e empresas de animação turística. Estas tiveram até aqui 308 operações aprovadas, ligadas a 274 empresas e às quais foram concedidos financiamentos de 52 milhões com garantia de 44 milhões (22% do total disponibilizado).

Fonte: Público

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close