OpiniãoSalvaterra de Magos

“Pega de Caras” – Opinião sem Censura: Salvaterra de Magos merece um delegado de saúde mais dedicado à causa pública

Nos últimos dias, a população da vila de Marinhais vive momentos de grande angústia devido a 49 testes que foram feitos a pessoas que residem no apelidado "Canto dos Serenos" (e não num local periférico da vila como alguém quis passar!). As pessoas têm notado a ausência da delegada de Saúde na frente de batalha contra a Covid-19. E até agora tem sido o presidente da Câmara a passar a informação na sua página pessoal do "Facebook" e numa linguagem que deixa muito a desejar.

“PERESTROIKA” E “GLASNOST” NO CENTRO DE SAÚDE DE SALVATERRA E COM ALGUMA URGÊNCIA.

Em meados da década de 1980, o governo liderado por Mikhail Gorbatchev implementou duas medidas políticas e económicas na ex-União Soviética: Perestroika (reestruturação) e Glasnost (transparência). Duas medidas que DEVEM ser implantadas com URGÊNCIA, no Centro de Saúde de Salvaterra, pelo Governo de António Costa, nomeadamente pela ministra da Saúde, Marta Temido.

A “Perestroika” e a “Glasnost” tinham como principais objectivos modernizar e abrir a economia soviética, além de garantir maior abertura política. Estas medidas foram as principais responsáveis pelo fim da União Soviética e do seu sistema político económico (socialismo), que vigorava desde a Revolução Russa de 1917. Foram também de fundamental importância para o fim da Guerra Fria.

Quatro décadas depois dessa revolução soviética e em plena Pandemia da Covid-19, vejo-me obrigado a reivindicar aos responsáveis da Saúde Pública do meu país, para que implementem a “Perestroika” e a “Glasnost” no Centro de Saúde de Salvaterra de Magos e ironicamente (ou não!), por causa da incompetência profissional da delegada de saúde, a médica natural da Rússia, Elena Nikolaevna Talantova.

Os habitantes do concelho de Salvaterra de Magos merecem uma delegada de Saúde Pública que não tenha medo de aparecer na “trincheira” ao lado daqueles que lutam contra a pandemia da Covid-19
Foto: D.R

Uma delegada de Saúde Pública que em vez de andar na frente de “batalha” e agir em defesa das populações contra a propagação da Covid-19, opta por ficar no conforto do seu gabinete, sendo assessorada por duas ou três funcionárias que lhe aparam toda a falta de dedicação, competência e profissionalismo.

Que delegada de Saúde Pública é esta que temos em Salvaterra de Magos que raramente assina certidões de óbito. Que se recusa a fiscalizar os lares clandestinos de idosos que existem no concelho. Que é incapaz de tomar decisões que são da sua responsabilidade.

Nós merecemos uma/um delegada/o de Saúde Pública que seja capaz de implementar uma reestruturação profunda no Centro de Saúde de Salvaterra de Magos, visando sobretudo o bem estar das pessoas que aqui vivem. Ou seja, é necessário implantar a Glasnost.

E também necessitamos da Perestroika: medidas para diminuir a burocracia no Centro de Saúde de Salvaterra. Este é o momento para a Dra. Elena Nikolaevna Talantova demonstrar as suas verdadeiras competências técnicas em Saúde Pública.

Deixe o conforto do seu sofá e marque presença na “trincheira” da batalha contra a propagação da Covid-19, que neste momento se instalou no “Canto dos Serenos”, na vila de Marinhais.

Apareça ao lado dos bombeiros, dos responsáveis da protecção civil, da GNR e dos presidentes da Câmara Municipal de Salvaterra e da Junta de Freguesia de Marinhais. É para isso que lhe estamos a pagar o seu salário.

Convoque “briefings” para compreender o que se está a passar no terreno. Se não perceber português arranje um tradutor. Ofereço-me como voluntário! Emita comunicados para tranquilizar as populações. É esse o seu dever e a sua obrigação enquanto delegada de Saúde.

Se é incapaz de cumprir com esta missão então peça para ser substituída no cargo que ocupa e regresse a São Petersburgo.

NOTA: queira DEUS que as dezenas de testes efectuados no “Canto dos Serenos” sejam negativos.

José Peixe – Jornalista | Carteira Profissional 552A
Imagem do Texto: D.R

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker