Ribatejo

COVID-19: Vamos ter mais 15 dias de Estado de Emergência em Portugal

Na abertura dos telejornais o Presidente da República fez uma declaração ao país na sequência do seu terceiro decreto de estado de emergência. Marcelo Rebelo de Sousa começou a intervenção dizendo: "Espero que este seja o último estado de emergência". Esta terceira fase do Estado de Emergência vai prolongar-se até ao próximo dia 2 de Maio.

Na abertura dos telejornais o Presidente da República fez uma declaração ao país na sequência do seu terceiro decreto de estado de emergência. Marcelo Rebelo de Sousa começou a intervenção dizendo: “Espero que este seja o último estado de emergência”. Esta terceira fase do Estado de Emergência vai prolongar-se até ao próximo dia 2 de Maio.

Ao concluir a sua intervenção que durou 12 minutos, o Presidente da República recorreu a uma expressão popular: “Nós não queremos morrer na praia” – para dizer que não se pode trocar o que já se conquistou por uma tentação. E terminou com uma frase de esperança e alento: “Se isto é um milagre, o milagre chama-se Portugal”.

Hoje, Portugal registou até esta quinta-feira 629 mortes, um aumento de 5,0% em relação às 599 confirmadas no dia anterior (mais 30 mortes). Foram identificados mais 750 casos desde quarta-feira, o que corresponde a uma taxa de crescimento de 4,1%. Desde o começo do surto, já foram identificados 18.841 casos.

Em Salvaterra de Magos e segundo as informações divulgadas pelo presidente da Câmara Municipal o panorama é este:

– Temos 10 casos confirmados activos (pessoas efectivamente doentes) e outros tantos em vigilância activa. Sabemos, por contacto directo com um destes doentes – e essa é a boa notícia de hoje – que um dos casos de Marinhais já está curado, pois obteve dois testes negativos à Covid (situação que ainda aguarda por validação da Saúde Pública, por isso o não termos excluído daqueles números).

– Contudo confirma-se mais um caso de uma senhora de 56 anos que foi recentemente hospitalizada em Santarém, o que implicou colocar – de acordo com as instruções da Autoridade Local de Saúde – em isolamento profilático um pequeno aglomerado habitacional situado na periferia de Marinhais onde vive uma comunidade com cerca de 4 dezenas de pessoas.

– O local já foi objecto de visita conjunta – Saúde/Câmara Municipal e GNR de Marinhais e quem ali vive foi informado dos cuidados a ter e da necessidade de respeitar as normas de isolamento social definidas pela Direcção Geral de Saúde (DGS).

Foi estabelecido que dois cidadãos dessa comunidade que não tiveram contacto com o caso positivo identificado farão o abastecimento de bens de toda a comunidade, usando para o efeito os EPI que lhes fornecemos, sendo que à GNR incumbirá a vigilância (diurna) do local, para garantir que só os 2 cidadãos autorizados podem sair e devidamente protegidos.

– Existe a expectativa de que amanhã possam ser feitos testes a toda a comunidade. Só após o conhecimento dos resultados será possível determinar os passos seguintes.

O que importa mesmo é cuidarmos uns dos outros. Só assim vamos conseguir VENCER um inimigo poderoso e invisível.

José Peixe – Jornalista C.P 552A

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker