BenaventeSaúde

Samora Correia: Bombeiros na vaguarda da tecnologia da protecção respiratória

A corporação dos Bombeiros de Samora Correia estão na vanguarda da tecnologia da protecção respiratória no socorro pré-hospitalar em ambientes contaminados, hostis à saúde respiratória.

Em Julho de 2019 Nelson Silva Lopes deu a notícia de que os Bombeiros de Samora Correia tinham feito um investimento significativo em equipamentos de proteção individual onde se inclui a máscara respiratória para utilização em ambientes contaminados.

Na altura ninguém previa esta Pandemia Covid 19, mas a facilidade de ver para lá do que os olhos mostram do Comandante Miguel Cardia e a retaguarda forte e solidária da direção liderada pela Dra, Cláudia Direitinho permitiram dotar os nossos bombeiros de um equipamento de vanguarda que hoje é uma mais valia para todos nós.

O Corpo de Bombeiros de Samora Correia está dotado de MÁSCARAS DE PROTECÇÃO RESPIRATÓRIA “JOKER SPH”, fatos, luvas e desinfectantes à disposição das tripulações das Ambulâncias na prestação de Socorro Pré-Hospitalar mas também dos profisionais de saúde, GNR e outros elementos da proteção civil que sejam indispensáveis no socorro a vítimas suspeitas de infeção com Covid 19.

Baptizadas de “JOKER SPH”, simbolizando a sorte que os bombeiros de Samora Correia terão ao poder utilizá-las nas missões de Socorro Pré-Hospitalar à Comunidade que servem

O equipamento comercializado pela conceituada marca é composto por um sistema respirador motorizado de pressão positiva, com filtro químico ABEK1-P3 para proteção contra partículas aero-transportadas (fumos, poeiras, neblinas) e gases ou vapores orgânicos e inorgânicos, solventes, amoníaco e dióxido sulfuroso.

O sistema insufla ar fresco para uma máscara colocada na cara do Bombeiro, de protecção integral das vias aéreas e olhos, permitindo-lhe estar protegido nesses ambientes contaminados.

A utilização deste equipamento é um passo de gigante na protecção respiratória dos Bombeiros e outros agentes de proteção civil no Socorro Pré-Hospitalar em ambientes contaminados, garantindo-lhe a protecção respiratória e segurança adequadas para chegar junto de vítimas que, sem esta protecção, eventualmente poderiam não ser socorridas por falta de condições de Segurança para a aproximação e intervenção dos socorristas.

Texto: N.S.L – Imagens: Tecniquitil e AHBVSC.

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker