Opinião

“Pega de Caras”: O Governo arranjou um “tacho” para Nuno Antão e então?

Muitos leitores do “RibatejoNews” ficaram escandalizados pelo facto de o Governo, através do despacho n.º 12466/2019, publicado no “Diário da República – II Série”, do dia 30 de Dezembro, ter designado, Nuno Mário Antão, como técnico especialista do Gabinete do Secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural.

Existe uma certa indignação pelo facto de Nuno Mário Antão nem sequer ser detentor de um diploma universitário e ser nomeado para técnico especialista. Mas afinal de contas para que servem os títulos académicos? Para nada.

O que importa meus senhores é apostar tudo num partido político e ter padrinhos à altura para arranjar um lugarzinho na administração pública e de preferência com um salário razoável.

Quantos técnicos especializados com as mesmas habilitações literárias de Nuno Mário Antão não foram designados para os ministérios e secretarias de estado nos Governos dos PSD/CDS?

Quantos analfabetos não foram eleitos como deputados desde a Revolução do 25 de Abril até às últimas eleições legislativas? Quantos autarcas existem em Portugal apenas e só com a quarta classe? Quantos assessores, directores de serviços e motoristas não foram contratados por despacho?

Muitos mesmo. E é por saberem isso que muitas pessoas sentem alguma indignação e revolta. Mas é assim que tem funcionado. Lamentavelmente.

Nuno Mário Antão foi presenteado pelo seu apoio político ao Partido Socialista e então?
Foto: D.R

Afinal qual é o espanto de o Governo ter arranjado um “tacho” para o funcionário (comissário político) do Partido Socialista, Nuno Mário Antão? Ele é merecedor desse lugar, porque nas últimas eleições legislativas fez milhares de quilómetros por todo o distrito de Santarém (e não só!) para apoiar António Costa a conseguir uma maioria absoluta.

É preciso deixar bem claro que Nuno Mário Antão esteve sempre ao lado de Maria do Céu Albuquerque (ex-presidente da Câmara Municipal de Abrantes) e actual Ministra da Agricultura. Também deu todo o apoio durante a campanha a Alexandra Leitão, ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública e a Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

Foram muitos dias na estrada. Muitas noites sem dormir. Por isso mesmo, este funcionário do partido tinha que ser premiado. Não o foi antes de Natal, mas cinco dias lá estava a “prendinha” do Governo no seu sapatinho. Estavam à espera do quê? Os Governos anteriores não fizeram o mesmo? Então parece-nos normal que o actual Governo tenha premiado o esforço de Nuno Mário Antão.

Ficam muitas dúvidas sobre as capacidades técnicas e científicas de ele poder ser um técnico superior especialista na Agricultura. Mas não se esqueçam que Nuno Mário Antão já foi deputado na Nação.

Há quem o considere um “espertalhão”. Mas isso é uma outra conversa. A verdade é que ele conseguiu uma vez mais os seus objectivos. diz um provérbio popular que “em terra de cegos, quem tem um olho é rei”.

Nuno Mário Antão recebeu um “tacho” na secretaria de Estado da Agricultura. E então? Isso é a recompensa de quem sempre deu todo o seu apoio ao Partido Socialista. E isso não é segredo para ninguém.

José Peixe – Jornalista Profissional (C.P 552A) e Editor do “RibatejoNews”

 

 

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close