Salvaterra de Magos

Salvaterra de Magos: “RibatejoNews” vai prosseguir com as suas investigações à Caixa de Crédito Agrícola

Durante três semanas consecutivas o “RibatejoNews” ouviu muitos associados da cooperativa Caixa de Crédito Agrícola de Salvaterra de Magos e Benavente, ex-funcionários e alguns empresários que nos contaram histórias terríveis, inclusive um suicídio de um ex-sócio e devem ser denunciadas durante dos próximos meses.

Algumas famílias e empresários perderam todo o património. A maioria dos associados da cooperativa de crédito que entrevistamos acusam o actual presidente do Conselho de Administração, José Manuel Silva Ferreira Moreira e o seu irmão António da Silva Ferreira Moreira, presidente da Mesa da Assembleia Geral, de possuírem um património inadequado aos seus rendimentos e que merece ser investigado urgentemente pelas autoridades competentes nestas matérias.

Antes da Assembleia Geral Ordinária que teve lugar no sábado de manhã, na sede da Caixa de Crédito Agrícola dos Foros de Salvaterra, o “RibatejoNews” publicou uma reportagem onde ficou bem claro que a maioria dos sócios da cooperativa Caixa de Crédito Agrícola de Salvaterra de Magos e Benavente, não foram devidamente informados da Assembleia Geral Ordinária e respectiva eleição dos membros da Mesa da Assembleia Geral, do Conselho de Administração e do Conselho Fiscal para o triénio de 2020-2022.

A prova disso mesmo é que apenas compareceram na Assembleia Geral Ordinária do sábado meia centena de associados, sendo a sua maioria os actuais responsáveis pela cooperativa de crédito, alguns funcionários e uma dezena que decidiu votar não e contra a única lista que concorreu às eleições. Lista essa que foi apresentada pelo actual presidente do Conselho de Administração , José Manuel Silva Ferreira Moreira.

Houve dois sócios que pediram, por escrito a anulação das eleições e da própria Assembleia Geral Ordinária. E uma ex-funcionária da cooperativa de crédito confrontou José Manuel Silva Ferreira Moreira com algumas ilegalidades cometidas no tempo em que ela processava os vencimentos dos funcionários e gestores. “Estou disposta a provar em Tribunal algumas ilegalidades graves que o senhor cometeu ao longo de anos”.

Nas próximas semanas vão ser editadas algumas entrevistas e reportagens que vão deixar muitas pessoas dos concelhos de Salvaterra de Magos e Benavente estarrecidos com a gravidade de algumas histórias. Algumas delas contadas por ex-funcionários e empresários.

José Peixe – Jornalista e Editor do “RibatejoNews” 

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close