Actualidade

Itália desmantela grupo armado neonazi com ligações a Mário Machado

A polícia italiana desmantelou hoje um grupo criminoso de ideologia nazi e antissemita e apreendeu várias armas. Alguns dos detidos tinham ligações à Nova Ordem Social, partido fundado por Mário Machado, e houve quem tenha estado presente na conferência organizada pelo grupo de extrema-direita durante o Verão.

Durante as buscas nas casas dos membros do grupo, formado por 19 pessoas residentes em várias cidades ao longo do território, de Bérgamo (norte) a Sicília (sul), passando pela ilha da Sardenha, várias armas foram descobertas, entre ela carabinas, pistolas, facas, bestas, além de livros sobre Mussolini e Hitler, no âmbito de uma operação denominada “Sombras Negras”.

Os membros do grupo compartilhavam “o mesmo fanatismo ideológico e a sua intenção era constituir um movimento abertamente pró-nazi, xenófobo e antissemita chamado “Partito Nazionalsocialista Italiano dei Lavoratori” (“Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores da Itália”), explicou a polícia.

O grupo desenvolveu uma estrutura interna e territorial, criou um símbolo e elaborou um programa abertamente antissemita e negacionista”, afirma ainda o comunicado.

As autoridades não revelaram quantas pessoas pertenciam ao grupo ou quantas detenções foram feitas. A agência italiana ANSA, porém, avança que os integrantes tinham um chat privado para fazer recrutamento e treino militar e que já tinham estabelecido contactos com a Nova Ordem Social, partido fundado pelo extremista Mário Machado e que foi entretanto suspenso.

Uma das integrantes deste grupo, avança a agência, trata-se de “uma mulher de 26 anos proveniente da Sicília que venceu um concurso de beleza online ‘Miss Hitler’ e falou numa conferência de extrema-direita em Lisboa em Agosto”.

Fonte: MadreMedia

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close