Salvaterra de Magos

Salvaterra de Magos: reunião para explusar o sub-chefe Luís Viegas e o bombeiro Nuno Ferreira

O “RibatejoNews” recebeu a informação de que está a decorrer neste momento uma reunião no quartel dos Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos, com vista à expulsão do subchefe Luís Viegas e Nuno Ferreira, bombeiro de 1.ª, num processo que lhes foi movido pelo comandante Miguel Cardia na anterior direcção da associação humanitária salvaterrense.

“É uma verdadeira caça às bruxas o que se está a passar neste momento nos Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos. Impuseram-nos a Lei da Rolha aqui dentro e toda a gente tem medo de ser apanhado a passar informações lá para fora. Mas a verdade é para ser dita. Existem coisas muito estranhas com esta nova direcção”, disse ao “RibatejoNews” um bombeiro que pediu para não ser identificado.

Nesta reunião estão presentes o comandante Paulo Dionísio, Miguel Cardia, o comandante instrutor do processo, Luís Martins presidente da direcção, Pedro Morais, vice-presidente, Hélder Pires, tesoureiro da direcção e o advogado Luís Raposo.

“É verdade que esta nova direcção conseguiu resolver muita coisa e cumprir muitas outras que tinha prometido, mas foram incapazes de afastar o comandante Paulo Dionísio, que já  revelou que não reúne competência para liderar uma corporação de bombeiros como a nossa. Prometeram que o dispensavam quando terminasse o seu contrato mas não foram capaz de cumprir”, afirmou o mesmo bombeiro há instantes.

“Veja-se só a competência do comandante Paulo Dionísio. Andou a prometer aos nossos camaradas Luís Viegas e Nuno Ferreira que os dia defender para serem suspensos apenas por 90 dias, mas tudo isso não passou de uma mentira!”, esclareceu.

Sobre o comandante Miguel Cardia e instrutor deste processo o bombeiro com quem falamos apenas quis dizer o seguinte: “Os actuais directores que estão na reunião faziam críticas terríveis ao comandante Miguel Cardia e passavam o seu tempo a queixar-se aos jornalistas. Hoje, sentaram-se com ele na mesa e é tudo sorrisinhos do faz de conta. Só hipocrisia”.

Ontem à noite, o jornalista Mário Gonçalves também demonstrava o descontentamento, na sua página do Facebook, pelo exagero comunicacional que se tem vindo a fazer sobre a Asssociação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos nas redes sociais. O que passamos a transcrever na íntegra:

Um muito mau exemplo de comunicação

DIREÇÃO DOS BOMBEIROS DE SALVATERRA QUALQUER DIA ANUNCIA NO FACEBOOK QUE FOI AO WC

Nem tanto ao mar, nem tanto à terra, Quem me conhece, sabe que sou um homem da comunicação. Considero que é tão importante desenvolver um projeto ou uma iniciativa, como saber promovê-la ou divulgá-la. Vivemos na era da comunicação e é com ela que temos de saber lidar.

A direção dos Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos deixou de falar à comunicação social. Algo que julgo ser inédito em Portugal. Todavia, não há dia que não sejam notícia na sua página oficial no Facebook. A estratégia que estão a seguir é errada. Completamente errada. Estão a banalizar o ato de comunicar e uns assuntos acabam por anular os outros.

Há posts completamente ridículos. Também eles certamente inéditos. Julgo não haver nenhuma associação humanitária no país que esteja a agir desta forma. Só para dar um exemplo, até o facto de um carro dos bombeiros estar parado no Escaroupim junto ao local onde está a ser gravada a novela para a TVI, fizeram disso notícia. Um carro dos bombeiros parado é motivo de um post? E ainda há quem coloque uns likes?

Porquê?

Qualquer dia, a direção dos Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos anuncia no Facebook que foi ao WC.

Mário Gonçalves

O “RibatejoNews” ainda fez algumas tentativas para falar com a advogada dos dois bombeiros atrás referenciados, mas não obteve sucessso.

José Peixe – Jornalista

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close