Mundo

Chile: Presidente suspende estado de emergência, mas protestos continuam

O presidente chileno, Sebastián Piñera, anunciou a suspensão do estado de emergência a partir da meia-noite de domingo, o que motivou a ida de milhares de militares para as ruas, num momento em que os protestos permanecem. A população aguarda anúncios que deem à resposta à comoção social iniciada na semana passada.

Milhares de pessoas marcharam este domingo (27) até a sede do Congresso Nacional, em Valparaíso (a 120 km de Santiago), na maior manifestação em décadas naquela região, que se seguiu a um protesto que reuniu mais de 1 milhão de pessoas na capital chilena na última sexta-feira.

Colunas de manifestantes tomaram a avenida Espanha, que liga as cidades de Viña del Mar e Valparaíso, agitando bandeiras chilenas e exigindo mudanças profundas no modelo económico do país.

“A força do movimento social que tomou as ruas foi a sua transversalidade e o seu caráter pacífico e construtivo. O nosso chamado é que, em Valparaíso, continue a ser assim. Hoje, mais do que nunca, face ao fracasso da estratégia de segurança do governo, que não evita saques e incêndios”, disse o autarca da cidade, Jorge Sharp.

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker