Salvaterra de Magos

Cultura: “Mundus Glória Fest” começa hoje e vai até à meia noite de Sábado

Na Glória, a origem das suas gentes perde-se no tempo, mas é nele que se encontra e reencontra a sua originalidade, criatividade e sentido de pertença. Várias jazidas pré-históricas, já provavam a sedentarização de populações na Pré-História. A Carta de Mercês, do século XIV, já demonstra a sua importância. Documentos históricos da reconquista de Santarém, pelo rei Afonso Henriques, já falavam do recuo das populações moiras para esta zona.

O isolamento do lugar, a identidade cultural coesa e densa, as características do território, mantiveram e criaram uma forma de ver, de sentir, de ler, de representar e de interpretar o Mundo e os Homens. Os bordados são uma dessas manifestações originais, perdidas no tempo, tendo por centro a Mulher Gloriana.

O “Mundus Glória Fest – 2019”, inicia, assim, um caminho, de diálogos interculturais e intergeracionais, entre a tradição e a modernidade, que é, ao mesmo tempo, uma forma de marcar e reforçar o processo de candidatura a património cultural imaterial dos seus bordados, um trabalho que tem vindo a ser construído pela Associação Rancho Folclórico da Casa do Povo de Glória do Ribatejo e a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos.

É sobretudo, também, um projecto que, tendo por centro a música e o canto, pondo a Glória do Ribatejo como um mundo em festa, cruzando várias heranças e tempos, de Portugal e do Mundo.

Mundus (est in) Glória. A Glória é um Mundo. Em Festa. De 19 a 21 de Setembro.

Programa do “Mundus Glória Fest – 2019”

19 Setembro – 5.ª Feira

21:30 – Jornadas Culturais – Bordados Glorianos (Candidatura a Património Cultural Imaterial), Cultura e Território. Casa do Povo da Glória do Ribatejo. Entrada Livre.

20 Setembro – 6.ª Feira

22:00 – Cantos da Glória: Rancho Folclórico da Casa do Povo de Glória do Ribatejo (do Sagrado ao Profano)

22:15 – Grupo de Bombos do Rancho Folclórico de Silvares (Bombos da Beira Baixa)

22.30 – Mestre António Chaínho (Guitarra Portuguesa)

23:20 – Banda Épikos (Música Portuguesa/Pop Rock)

00:00 – Grupo Coral Bafos de Baco (Cante Alentejano)

00:15 – António Manuel Ribeiro + Trio (Songwriter e Rock Acústico)

21 Setembro – Sábado

17:00 – Banda Sinfónica do Exército

18:00 – Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense – Música Velha (Banda Filarmónica)

22:00 – Cantos da Glória: Rancho Folclórico da Casa do Povo

22:15 – Cantadeiras do Vale do Neiva (Cantares Polifónicos do Minho)

22:30 – Rui Oliveira (DJ e Declamador)

23:00 – Tanto Mar (Inovação sobre a música tradicional portuguesa)

00:00 – Elida Almeida (Ritmos Cabo Verdianos – Do Funaná às Mornas)

 

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close