Salvaterra de Magos

Muge: cidadãos criticam descargas de lamas junto ao Bairro da Cova da Faia

Aqui fica a denúncia de um leitor da freguesia de Muge:

“Estes últimos dias tem sido uma pouca-vergonha com descargas de lamas, a 100 metros do depósito de água de Muge. As descargas têm sido feitas pela calada da noite, entre as 22 e 24 horas. São a estas horas da noite, porque sabem que não existe fiscalização da GNR.
No meio disto tudo quem se lixa é o mexilhão… Os residentes junto ao depósito da água de Muge levam com os maus cheiros das lamas, aquelas horas da noite e no dia seguinte têm epidemia de moscas junto às habitações.

Qualquer dia começam a descarregar lamas em frente às portas das pessoas
Foto: D.R

Participou-se telefonicamente o caso à GNR, a qual informou já ter conhecimento do caso, que foi ao local e não encontrou nada – e preciso ter descaramento para se dar uma respostas destas a um cidadão.
Será que a GNR considera a Casa Cadaval como um estado dos mesmos moldes do Vaticano ou do Mónaco?
Será que não sabem que os resíduos das ETARES não podem ser aplicados na agricultura? Será que não sabem que estes resíduos têm de ser depositados em aterros destinados para tais fins?
Será que a GNR só tem olhos para os produtores de tomate, e não tem para quem transporta estes resíduos perigosos? Mas em país é que vivemos?
Será que ninguém sabe que estes resíduos são um perigo para a saúde pública quando aplicado como estrume na agricultura? E muito mais quando pedaços destes excrementos ficam espalhados por algumas ruas da vila de Muge?”.

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close