Mundo

Amazónia: Bolsonaro proíbe queimadas durante dois meses no Brasil

O presidente Jair Bolsonaro assinou na noite desta quarta-feira um decreto que proíbe as queimadas em todo o país durante dois meses, informaram fontes do governo citadas por vários meios de comunicação.

O decreto, que será publicado no Diário Oficial esta quinta-feira, suspende a utilização das queimadas nos próximos 60 dias em todo território nacional, mas admite algumas exceções.

As queimadas controladas são permitidas pelo Código Florestal brasileiro em determinadas circunstâncias, desde que autorizadas pelos organismos de controlo.

Bolsonaro enfrenta uma crescente pressão interna e externa pelos incêndios que se multiplicaram na Amazónia nas últimas semanas.

Desde Janeiro, foram registados 83.329 focos de incêndio no Brasil, sendo 52,1% na floresta amazónica, segundo o INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Este número representa um crescimento de 77% em relação ao mesmo período do ano passado e constitui um recorde desde 2010.

A proliferação dos focos de incêndio na Amazónia provocou uma enxurrada de críticas a Bolsonaro, questionado por suas posturas favoráveis ao desenvolvimento da agropecuária e da mineração na região, inclusive em reservas indígenas e áreas protegidas.

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close