DesportoRibatejo

Motocross: Sandro Peixe dominou a categoria Elite em Alqueidão

Uma semana depois de Carrazeda de Ansiães o Crossódromo do Alqueidão foi o cenário do derradeiro confronto da época 2019. Onde Sandro Peixe demonstrou ser um dos melhores pilotos de motocross da actualidade.

Em Trás-os-Montes Sandro Peixe e Fábio Costa garantiram os respectivos títulos nacionais, mas nos 1600 metros do traçado Ribatejano foi decidida a classificação final do campeonato nacional MX2 este domingo. E o piloto gloriano não deu hipóteses.

Alqueidão foi o palco da 8ª e última jornada do Nacional de MX. O piloto da Suzuki já trazia o título de Carrazeda de Ansiães mas fez questão de dar tudo por tudo para dominar a manga da classe Elite.

Efetivamente, Sandro Peixe liderou cada uma das 16 voltas percorridas por esta categoria, terminando com 17 segundos de vantagem sobre o seu companheiro de equipa, Diogo Graça.

Um ano fabuloso para o piloto gloriano Sandro Peixe
Foto: D.R

O “Bullman” foi 2º de início ao fim e garantiu a mesma posição no campeonato. Luís Outeiro terminou isolado na 3ª posição e fechou o campeonato no degrau mais baixo do pódio.

Daniel Pinto arrancou em 4º mas acabaria por ser ultrapassado por Renato Silva e, mais tarde, por Abel Carreiro. No Top 5 ficaram, portanto, quatro pilotos da classe MX2.

Bruno Charrua, Carlos Alberto, Marco Silva e David Silva encerraram o lote dos dez mais.

Terminou assim mais um campeonato nacional de Motocross onde Sandro Peixe conquistou o primeiro título de campeão de Elite da sua carreira.

O primeiro título de MX 1 de Sandro Peixe

Com o título conquistado há uma semana atrás, o ribatejano venceu tudo o que havia para vencer na classe MX1, desde os treinos cronometrados até às duas mangas da tarde.

Sandro Peixe (1º/1º) liderou todas as voltas em ambas as corridas e triunfou sempre com uma vantagem próxima de 1 minuto sobre Jonathan Rodriguez (2º/2º). O espanhol alcançou em Alqueidão o melhor resultado de sempre da sua carreira.

Daniel Pinto (4º/3º) esteve muito perto de obter a pole position nos treinos cronometrados o que deixava antever uma forte oposição a Sandro Peixe da parte da tarde. No entanto, o portuense não foi feliz nos arranques e foi obrigado a fazer corridas de trás para a frente.

O piloto da Kawasaki subiu ao pódio na classificação geral depois de resolver a seu favor o empate pontual com Carlos Alberto (3º/4º). Fábio Varela (5º/5º) foi muito regular e fechou o dia na 5ª posição.

Terminou assim mais um campeonato nacional de Motocross onde Sandro Peixe conquistou o primeiro título de campeão de MX1 da sua carreira.

Fonte: Motojornal

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker