ChamuscaReportagem

Chamusca: recebeu matadores espanhóis e quer ser capital de “La Afición” em 2019

Município da Chamusca recebeu figuras do toureio e acolhe exposição de cartazes do centenário da Praça de Toiros.

O dia 6 de Abril de 2019 fica na história da Chamusca pelo grande festival taurino que se realizou a assinalar o arranque das actividades tauromáquicas integradas no programa de comemoração dos 100 anos da Praça de Toiros da Chamusca.

O Município da Chamusca associou-se desde a primeira hora a estas comemorações, fazendo parte da Comissão de Honra liderada pela Santa Casa da Misericórdia, e neste dia 6 de Abril abriu as portas dos Paços do Concelho às grandes figuras do toureio a pé, que nesse dia actuaram no Festival Taurino e vieram apresentar cumprimentos ao Município, nomeadamente, os matadores de toiros espanhóis Francisco Rivera Ordóñez “Paquirri”, Morante de la Puebla, Manuel Jesús “El Cid”, e ainda o novilheiro português Vasco Veiga. Além dos toureiros, foram recebidos no Município os cabos dos grupos de forcados do nosso concelho, Nuno Marecos em representação dos Amadores da Chamusca, e Pedro Coelho dos Reis em representação do Aposento da Chamusca. Recorde-se que também os grupos de forcados da Chamusca estão em festa durante o ano de 2019, assinalando datas relevantes da sua história, o 45º aniversário dos Amadores da Chamusca e o 35º aniversário do Aposento da Chamusca.

Após a recepção nos Paços do Concelho, os toureiros seguiram em carros clássicos até à praça de toiros onde uma grande moldura humana os aguardava para o Festival Taurino que, além da actuação dos toureiros e grupos de forcados já referidos, contou com a participação de quatro cavaleiros de renome: António Ribeiro Telles e António Ribeiro Telles (filho); João Salgueiro e João Salgueiro da Costa.

Nuno Castelão, provedor da Santa Casa da Misericórdia da Chamusca e o presidente do município Paulo Queimado na exposição de cartazes
Foto: D.R

Após o festival taurino, o município entregou lembranças aos artistas que actuaram de forma graciosa nesta iniciativa, cujas verbas reverteram a favor da Santa Casa da Misericórdia da Chamusca.

Ainda neste dia 6 de Abril, durante a manhã, a Chamusca recebeu uma etapa do II Concurso de Toureio de Salão “Vem Tourear”, que devido às condições climatéricas adversas, decorreu no Pavilhão Desportivo Municipal, numa organização do Clube Taurino do Concelho da Chamusca. Também numa organização conjunta entre o Município e Clube Taurino, foi inaugurada na Galeria da Câmara Municipal a exposição “100 Anos em Cartaz”, que reúne um conjunto de cartazes de corridas de toiros e espectáculos tauromáquicos mais relevantes das 100 temporadas da Praça de Toiros, com inclusão também de alguns objectos alusivos à festa brava. Esta exposição vai estar patente, entre as 09h00 e as 17h00 (2ª a 6ª), até dia 6 de maio.

Na inauguração da exposição, o Presidente da Câmara Municipal da Chamusca, Paulo Queimado, salientou que este “é um dia grande para o concelho”. “É um gosto imenso ter aqui uma pequena mostra do que foram as 100 temporadas da nossa Praça de Toiros”, reforçou.

Os matadores espanhóis foram recebidos pelo presidente da Câmara Municipal da Chamusca, Paulo Queimado
Foto: D.R

Nuno Castelão, Provedor da Santa Casa da Misericórdia, voltou a frisar “o grande papel que a Câmara Municipal tem tido nestas comemorações”. “Tudo isto só é possível graças ao sr. Presidente da Câmara e, naturalmente, também graças a todas as forças vivas que têm contribuído, mas em especial quero saudar e agradecer ao sr. Presidente da Câmara tudo o que tem feito pela Chamusca e, em particular, pela Praça de Toiros”, salientou Nuno Castelão.

Fonte: C.M.CH Vídeo: J.P – Ribatejo News

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close