Sociedade

Chamusca: é importante concluir o IC3/A13

Conselho Municipal de Segurança da Chamusca toma posição em defesa 
da conclusão do IC3/A13

 

O Conselho Municipal de Segurança da Chamusca reuniu no dia 29 de Janeiro para debate e partilha de informações sobre as questões relacionadas com a segurança de pessoas e bens no concelho.  

Desta reunião saiu uma posição unânime em defesa do projecto de fecho do IC3/A13 com nova travessia do rio Tejo na Chamusca, conforme proposta apresentada aos conselheiros pelo Presidente da Câmara Municipal da Chamusca, Paulo Queimado, que divulgou um documento com os argumentos que justificam a importância desta obra para a segurança e para o desenvolvimento do concelho e da região. Este documento já antes tinha sido aprovado por unanimidade pelos municípios da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo. O relatório foi também enviado ao Ministério das Infraestruturas recordando que o projecto está referido como prioritário em diversos documentos como o Plano Nacional Rodoviário 2020, pelo PETI3+ -Plano Estratégico de Transportes e Infraestruturas 2014-2020 e pelo PROT-OVT – Plano Regional de Ordenamento do Território do Oeste e Vale do Tejo. 

 Nesta reunião foram também apresentadas propostas para aplicação de novos semáforos e passadeiras para peões na Estrada Nacional 118 dentro da vila da Chamusca. A proposta conjunta do Serviço de Protecção Civil Municipal e do Comando dos Bombeiros Voluntários da Chamusca sugere a introdução de sinalização de acalmia de trânsito, com a aplicação de báculos e colunas com semáforos tricolor com detecção de velocidade instantânea (50 km/h). As localizações das novas passadeiras e respectivos semáforos abrangem desde a entrada sul da Vila, junto à Adega Cooperativa, até à entrada mais a norte, na proximidade de uma farmácia e de dois estabelecimentos comerciais aí existentes, mitigando assim os riscos de atropelamento dentro da localidade. 

 No relatório da actividade do Serviço de Protecção Civil foi ainda colocada a tónica nalguns preocupações com a travessia de veículos pesados dentro das localidades, com a ocorrência de alguns derrames e perda de carga por parte dos veículos, a destruição do pavimento e de mobiliário urbano provocado por esta circulação mais intensa e foi ainda abordada a necessidade de abate de algumas árvores que se encontram podres.  

O Conselho Municipal de Segurança contou ainda com a apresentação dos relatórios da GNR, dos Bombeiros Voluntários Municipais, do Serviço de Educação, do Serviço de Acção Social e da situação económico-financeira do Município. Da parte da GNR foi referido que a criminalidade se manteve em 2018 com números idênticos a 2017, e houve uma ligeira redução do número de acidentes de viação registados, sem vítimas mortais. Há alguma preocupação com casos registados de violência doméstica e, dando resposta a este fenómeno, o Presidente da Câmara da Chamusca anunciou que o Município vai formalizar em breve um protocolo com a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) para a instalação de um gabinete de apoio à vítima. Até lá, a delegação de Santarém da APAV faz atendimento semanal no Centro de Inclusão Social. 

O comandante do Posto Territorial da GNR da Chamusca referiu ainda que houve um aumento de mais 4 efectivos no posto, que totaliza já 21 operacionais. Este reforço permite manter a rotatividade de militares e assegurar patrulhamento durante as 24 horas.

Fonte: Município da Chamusca 

 

Da parte dos Bombeiros Voluntários, o comandante sublinhou que 2018 foi um ano calmo e que registou uma melhoria substancial ao nível de incêndios. Mencionou a ocorrência de 12 incêndios florestais, dos quais 6 foram em mato. Houve ainda a registar 5 incêndios em detritos confinados, nomeadamente, em unidades do Eco Parque do Relvão.  

 

O Presidente da Câmara referiu ainda que o processo de transferência de competências para os municípios que está em curso vai permitir encontrar novos mecanismos de promoção de segurança, que a seu tempo serão trazidos a debate no Conselho Municipal de Segurança. 

 

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker