BenaventeRibatejo

Bombeiros de Benavente fizeram fogo controlado

Os Bombeiros Voluntários de Benavente fizeram um ensaio para preparar os seus operacionais para o combate aos incêndios. A operação teve como principal objectivo a gestão do combustível florestal existente no concelho.

Duas de oito parcelas, numa área de 35 hectares de eucaliptal da Herdade de Vale de Estacas, entre Benavente e Santo Estêvão, foram objecto de uma operação de fogo controlado, no passado dia 26 de Janeiro. A operação teve como objectivo a gestão do combustível florestal, em particular sobrantes do abate dos eucaliptos, através da sua eliminação pela queima e, com isso, garantir o cumprimento das normas preventivas da Defesa da Floresta Contra Incêndios, explicou o município de Benavente em comunicado distribuídos aos jornalistas.

As operações de fogo controlado vão continuar durante todo o mês de Fevereiro, em particular nos dias 9 e 10 e vão contar com o apoio da Brigada de Sapadores Florestais criada pela Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo.

A última operação serviu, em simultâneo, para a melhoria do entrosamento dos corpos de bombeiros envolvidos, manutenção das qualificações dos bombeiros credenciados como operacionais de queima, familiarização dos bombeiros mais novos com o ambiente real de um incêndio e, para os mais experientes, aperfeiçoamento do treino e aprofundamento de competências no combate a incêndios rurais.

Foi, segundo a câmara, dada especial ênfase à segurança e análise da evolução do comportamento do fogo, devido às variáveis meteorológicas, e procedimentos e técnicas a adoptar face a essa evolução. A operação foi efectuada com duas equipas de queima a trabalhar em simultâneo, cada uma composta por 12 bombeiros, quatro pinga-lumes e dois veículos de combate a incêndios. Uma das equipas foi liderada pelo comandante José Nepomuceno, dos Bombeiros de Benavente e outra pelo engenheiro florestal Luis Gonçalves, Técnico de Fogo Controlado. Também esteve envolvido na operação o comandante dos Bombeiros de Samora Correia, Miguel Cardia. No total estiveram envolvidos 28 bombeiros e nove veículos dos bombeiros de Benavente, Samora Correia, Salvaterra de Magos e Alcochete.

Mostrar mais

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close